Responsável de Relações Externas (Roster: Guinea Bissau), P3, Bissau

  • WHO - World Health Organization
  • Bissau, Guinea-Bissau
  • Nov 13, 2020
Mid-level WHO - World Health Organization

Job Description

Objectivos do programa

A unidade de relações externas do Escritório de País reforçará a posição do mesmo na mobilização de recursos, acções de sensibilização e parcerias com os parceiros relevantes, incluindo entidades não estatais. O Responsável de Relações Externas exercerá a função de assessor principal ao Representante da OMS e ao respectivo Escritório de País nas actividades de mobilização de recursos, acções de sensibilização e parcerias. Enquanto membro essencial da Equipa da Direcção do Escritório de País, o Responsável de Relações Externas irá gerir a coordenação, expansão, desenvolvimento e supervisão do financiamento e das parcerias associadas ao Escritório de País.

 

Finalidade do Cargo:

Ao nível nacional, o titular do cargo deverá elaborar e implementar um plano de mobilização de recursos para o país com base nas necessidades manifestadas nos planos de apoio ao mesmo; Fazer pesquisas sobre doadores existentes e potenciais; elaborar e apresentar propostas, briefings aos doadores, relatórios e informações actualizadas; garantir o cumprimento dos requisitos da OMS e dos doadores. Coordenar as actividades em geral e do dia-a-dia para assegurar um financiamento rápido e sustentável à implementação eficaz dos planos de apoio ao país e garantir a apresentação de relatórios rigorosos e oportunos.

 

Resumo das funções atribuídas

serão atribuídas ao titular do posto algumas ou todas as seguintes responsabilidades, que serão executadas conforme necessário e apropriado ao programa.

  1. Elaborar e implementar um plano de acção inovador de mobilização de recursos para o Escritório de País, para garantir o financiamento sustentável das actividades principais e de emergência.
  2. Investigar os interesses e as condições de candidatura a financiamento dos principais doadores e de outras fontes de financiamento para o país. Elaborar e apresentar propostas, briefings aos doadores, relatórios e informações actualizadas para garantir a comunicação oportuna e rigorosa de informações;
  3. Manter relações com os parceiros através de abordagens inovadoras (p. ex., apresentar briefings trimestrais aos doadores); comunicar de forma concisa, clara e convincente a orientação estratégica anual/bienal da OMS; contribuir proactivamente nas negociações para agilizar os acordos com os doadores;
  4. Supervisionar as actividades gerais relacionadas com a mobilização de recursos, gestão de subvenções, necessidades e lacunas de financiamento, e os processos de adjudicação. Manter os cronogramas e os marcos dos projectos; analisar a informação sobre as actividades dos projectos e monitorizar os progressos para as metas estabelecidas, recorrendo a diversas bases de dados de gestão de projectos;
  5. Articular-se com os Escritórios Regionais para garantir as autorizações necessárias, incluindo autorizações jurídicas e financeiras para propostas e acordos com os doadores antes da sua assinatura.
  6. Gerir múltiplas tarefas ao longo do ciclo de vida do projecto; monitorizar as taxas de implementação e os prazos para a apresentação de relatórios e garantir que as actividades e as despesas estão alinhadas com os termos e condições estabelecidos nos acordos individuais com os doadores; trabalhar em estreita colaboração com os funcionários técnicos e das unidades de compras, logística e RH para monitorizar a implementação geral dos projectos no Escritório de País.
  7. Articular-se com agências de coordenação no país para garantir que o Escritório de País participa em actividades de mobilização de recursos ao nível de todo o sistema e que colabora eficazmente com os funcionários dos Fundos Comuns Nacionais para assegurar o financiamento a partir destas fontes;
  8. Em coordenação com o Responsável de Comunicação, utilizar eficazmente os produtos de comunicação para informar os doadores sobre o sector da saúde, as estratégias e o trabalho da OMS para incentivá-los a financiar a resposta global do sector da saúde às populações afectadas e as propostas e planos  estratégicos da OMS;
  9. Desempenhar quaisquer outras funções pertinentes, conforme exigido pelo supervisor.

Organization type

UN jobs